sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Uma confissão, um aviso

Desde que soube do ca e durante todo o tratamento, eu sempre tive a certeza que tudo estaria bem e sentia uma paz muito grande dentro de mim. Tudo que acontecia ao meu redor parecia mais bonito, mais alegre, mais interessante. E a minha imagem não me inportava tanto, pois por dentro eu me achava linda!!!Meu médico diz, e eu concordo, que é porque o que importava era eu estar viva e tantas outras coisas eram detalhes apenas.
Na época acreditei que essa sensação iria durar para sempre e que eu seria uma pessoa mais feliz e mais serena sempre. Mas nós seres humanos somos tão falhos e tão pequenos ainda que na correria do dia-a-dia acabamos esquecendo do que realmente importa.
Então, depois do fim do tratamento de quimio, vi-me preocupada e irritada com os quilos a mais que havia ganho, com as cicatrizes, estrias, falta de cabelo, de cílios, com a falta de ar e de pique....e isso me deixou extremamente mau humorada e triste. Não tinha vontade de sair com a turma por vergonha, não tinha vontade de me arrumar, porque achava que nada ficaria bem....eu fiquei insuportável com meu noivo (talvez porque o culpasse por não acreditar que ele estava me achando linda, quando na verdade eu não estava me achando nem bonitinha). E não adiantava ninguém me dizer que estava bem ou linda....
Até que me deu um estalo: "Cacete, eu tô viva!!!" E tenho uma família bem estruturada, muitos amigos super amorosos, um bom emprego e um noivo que me ama muito.....
Ai eu revi minhas fotos e postagem e novamente me questionei: O que realmente é beleza???
Sei que terão dias que não caber nas roupas  ou não ter um cabelão pra arrumar vai me deixar irritada e triste, mas não quero perder a lição maravilhosa do olhar para o que realmente importa: as pessoas que temos na vida, o Amor que recebemos, a alegria de acordar todo dia e estar vivos...

Então é VIVERRRRRRRRRRRR E NÃO TER A VERGONHA DE SER FELIZZZZZZZZZZZZ!!!