segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Eu e o câncer

Desde minha última postagem muitas coisas aconteceram, muitas mesmo. Algumas ótimas, outras bem complicadas, mas o melhor de tudo é sempre o resultado final.
O tempo passa inevitavelmente e mudanças ocorrem dia a dia. Ser resiliente e poder estar aberta a novas sensações, novos desafios, novas experiências é o que nos permite evoluir com mais leveza!
Ontem me perguntaram se o câncer mudou minha visão sobre a Vida. Bem, mudou, claro, mas o que realmente mudou foi minha visão sobre eu mesma.
Foi fácil? Não!! Foi difícil? Também não. Foi um período de transformação, como a lagarta que permanece no casulo antes de virar borboleta.
Doeu no corpo, doeu no coração, doeu na alma.
Lidei com limitações físicas, emocionais, de relacionamentos.
Senti-me muito amada e me senti muito só. Senti-me muito amparada e me senti muito abandonada. Senti-me forte e me senti aos pedaços. Senti-me linda e me senti um trapo. E foi sentindo tudo isso que pude me conhecer melhor. Identificar o tamanho da minha força e a grandeza da minha fragilidade.
Não seria quem sou hoje sem esta experiência. Portanto sou muito grata a ela. Foi realmente uma benção na minha vida.
Foi assim porque eu era uma pessoa triste, rancorosa, de mal com a vida e precisava mudar? (como muitos ainda vêem quem tem este tipo de doença) NÃAOOOO.  Quem me conhece antes do câncer sabe. SEMPRE AMEI VIVER, sempre fui otimista, de bem com a vida, nunca guardei rancor, sempre tive muitos amigos e VIVI muito.
Mas somos seres em eterna evolução, não somos perfeitos. E eu precisava aprender algumas lições.
O câncer foi um castigo? JAMAIS. Nada que passamos ou vivemos ou temos foge dos resultados que nós mesmos plantamos, seja por não cuidar da saúde, da alimentação, da alma, do coração, enfim...
Tive o câncer porque era para EU ter. Simples assim!
Deus, o Universo ou qualquer força em que você acredita não é responsável pelas minhas escolhas (ou pelas suas), portanto não é responsável pelos meus resultados (nem pelos seus)!!!
Então se eu havia feito escolhas que me levaram a câncer, necessitei, e todo dia revejo isto, buscar escolhas que não me levem mais a este caminho!!!
Câncer não é o fim. Pode ser um recomeço. Um encontro de você com você mesma!
Tenha fé e sorria... vença esta etapa e creia que o melhor está por vir!!!
Porque a Vida é bonita, é bonita e é bonita!!!!